Cara de Sapato e MC Guimê prestam depoimento à polícia em investigação de importunação sexual no BBB

Cara de Sapato e MC Guimê prestam depoimento à Deam de Jacarepaguá em investigação de importunação sexual no BBB

O caso envolvendo o lutador Antônio Carlos Coelho de Figueiredo Barbosa Júnior, conhecido como Cara de Sapato, e o cantor Guilherme Aparecido Dantas Pinho, o MC Guimê, em suposto crime de importunação sexual dentro do Big Brother Brasil (BBB), continua atraindo a atenção do público e da mídia.

Cara de Sapato chega à Deam de Jacarepaguá acompanhado de advogados

Cara de Sapato chegou à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá às 13h50 desta quarta-feira (22) acompanhado de três advogados. Ele foi ouvido no inquérito que investiga o caso.

Depoimento de MC Guimê

“Tentando resolver o caso”

Na segunda-feira (20), MC Guimê também foi ouvido na Deam de Jacarepaguá. Ao chegar à delegacia, o cantor afirmou que estava “tentando resolver o caso”.

Pressão nos primeiros dias

Ao sair da delegacia, MC Guimê mencionou a pressão que vem enfrentando nesses primeiros dias após a denúncia. “Muita pressão nesses primeiros dias. Grande pressão. Fé em Deus”, declarou.

Intimação e expulsão do BBB

Guimê e Cara de Sapato foram intimados na sexta-feira (17) e, por conta das acusações, foram expulsos do reality show na quinta-feira (16).

Investigação sobre importunação sexual/Definição de importunação sexual

O crime de importunação sexual pode incluir ações como o famoso “beijo roubado” e toques inapropriados, sem a permissão da pessoa envolvida

A vítima Dania Mendez

A polícia investiga se os dois participantes importunaram sexualmente a mexicana Dania Mendez durante uma festa no programa. Por conta disso, a dupla foi expulsa do reality show.

Solicitação de imagens do programa

A polícia também solicitou imagens do programa à emissora responsável para análise e averiguação dos fatos ocorridos durante a festa.

Ação da Deam de Jacarepaguá

O inquérito foi aberto na noite de quinta-feira (16). A delegada Viviane da Costa Ferreira Pinto, titular da Deam de Jacarepaguá, informou ao g1 que a investigação foi aberta após a especializada “tomar conhecimento pelas redes sociais”.

Repercussão nas redes sociais

O caso ganhou ampla repercussão nas redes sociais, com internautas divididos entre apoiar a expulsão dos participantes e questionar a emissora sobre a responsabilidade em relação à segurança dos envolvidos.

Entrevista com a delegada Viviane da Costa Ferreira Pinto

A delegada Viviane afirmou que, assim que tomaram conhecimento dos fatos pelas redes sociais, a Deam de Jacarepaguá instaurou um inquérito para apurar a conduta dos envolvidos no reality. “Estamos fazendo diligências necessárias. Foi enviado um ofício para a emissora solicitando as imagens oficiais para serem analisadas pela delegacia”, declarou.

Possíveis consequências para os envolvidos

Se comprovada a importunação sexual, Cara de Sapato e MC Guimê poderão ser responsabilizados criminalmente, com penas que variam de um a cinco anos de prisão.

Reação dos demais participantes do BBB

Os demais participantes do programa demonstraram surpresa e preocupação com a situação. Alguns se manifestaram em apoio à Dania Mendez, enquanto outros preferiram não se pronunciar.

Resposta da emissora de televisão

A emissora responsável pelo BBB, até o momento, não se pronunciou oficialmente sobre o caso, mas confirmou o recebimento do ofício da polícia solicitando as imagens para análise.

Opinião pública

A opinião pública se divide entre os que condenam a atitude dos participantes e os que questionam a responsabilidade da emissora em relação à segurança dos envolvidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top