Renascimento do Mais Médicos: Confiram a história inspiradora de um Cubano

O governo do presidente Lula relançou na segunda-feira (20) o programa Mais Médicos para o Brasil. A iniciativa federal busca preencher vagas no Sistema Único de Saúde (SUS) e mais do que dobrar a quantidade de médicos na rede, expandindo de 13 mil para 28 mil o número de profissionais em atendimento pelo país. No entanto, médicos formados no exterior enfrentam dificuldades para atuar no Brasil sem a aprovação no Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira).

Revalida

O Revalida é um exame obrigatório para médicos formados no exterior que desejam atuar no Brasil. Fora do Mais Médicos, esses profissionais não podem exercer a medicina no país sem a aprovação neste exame. Com a retomada do Mais Médicos, os estrangeiros participantes têm autorização de atuar no Brasil mesmo sem ter se submetido ao exame.

A história de Juan Delgado

Juan Delgado, médico cubano, chegou ao Brasil em 2013 para integrar a primeira versão do Mais Médicos. Na época, enfrentou preconceitos e foi xingado de “escravo” e “incompetente” ao desembarcar em Fortaleza. Com o fim do programa, ele optou por permanecer no país, mas agora enfrenta o drama do desemprego pela falta do diploma revalidado.

Experiência de Juan no Maranhão

Durante seis anos, Juan atuou na cidade de Zé Doca, no Maranhão, onde atendeu cerca de 50 mil habitantes. Sua presença na comunidade trouxe benefícios para a saúde local e mostrou a importância do Mais Médicos na expansão do atendimento médico pelo país.

A atuação dos médicos cubanos no Brasil

Os médicos cubanos têm desempenhado um papel importante no SUS, especialmente em áreas remotas e carentes do país. A presença deles no Brasil trouxe melhorias no atendimento e maior acesso à saúde para a população. No entanto, também enfrentam desafios, como a adaptação à cultura e à língua, além de preconceitos e a necessidade de revalidação de seus diplomas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top